POR QUÊ EU DEVO FAZER UM CURSO DE FOTOGRAFIA RELIGIOSA?

1 - A Base

Desenvolvimento dos princípios básicos da fotografia para os iniciantes.

3. Entrando de cabeça nos conceitos

A antropologia visual dará todo o suporte para conhecermos ainda mais fundo os conceitos imagéticos que permeiam a fotografia religiosa.

5. Na Prática

Aula em campo que amplificará os conteúdos aprendidos em sala para garantir que todos extraiam os conhecimentos transmitidos;

2. Uma ``nova visão``

Trabalhamos a semiótica, e no âmbito religioso esse fator é o grande diferencial que poderá mudar a sua forma de ver a fotografia;

4. Compartilhando conhecimento

Partilha e apresentação das experiências vividas em sala e em campo, fator que amplia e demonstra as diferentes formas de pensar a fotografia religiosa.

6. Qualidade comprovada

Aprenda a fotografia com quem realmente entende do assunto! Possuímos um banco de imagens com mais de 30 mil fotos!

O Curso

Este é o único curso do Brasil que possui o foco no olhar religioso sobre a fotografia. Seu conteúdo foi elaborado segundo as necessidades da igreja católica e a partir das experiências e estudos de alguns dos melhores profissionais atuantes na área. Os pilares do curso são a fé, ciência e tecnologia com o objetivo de oferecer os atributos necessários para construir um olhar consciente, criativo e coerente ao fotógrafo.

Nosso didática cobre as partes básicas da fotografia que está em constante atualização. A ênfase nos projetos religiosos nos fez buscar na ciência e na fé a base formativa do nosso curso, em tudo buscamos a unidade para mantermo-nos coeso com as diretrizes da Santa Igreja Católica.

Conteúdo do Curso

Fotografar dentro do âmbito religioso não é o mesmo que fotografar em qualquer outro. Um fotógrafo católico precisa ser uma presença coerente e testemunhar os valores evangélicos, pois o registro carrega dentro de si códigos visuais de sua cultura. Hoje, mais do que nunca, é necessário criar técnicas de gestão e avançar para campos interdisciplinares que possa complementar e auxiliar a uma visão mais clara e estratégica de onde queremos chegar com nossos projetos.

Técnica, Ciência e Fé

Através destes pilares conduzimos o fotógrafo a uma resignificação do olhar, a câmera não é a protagonista do resultado final, e sim o olhar.

A história do pensamento humano é repleta de comparações e reflexões entre os olhos e o espírito. Os olhos do saber, os olhos que contemplam a beleza divina, os olhos que chocam com a realidade e diante da qual também permanecem indiferentes, desviados. Fique de olho nele, nos olhos da alma. (ANDRADE, 2002, p. 26)

Os olhos da alma podem parecer um pouco poético, mas através da ciência levaremos os fotógrafos ao registro autoral de suas expressões afetivas. Carregamos dentro de nós uma grande bagagem de fé.
Organizando essa sistemática cognitiva fica mais claro como registrar dentro das dimensões propostas e a melhor forma de aplicá-las podendo-se extrair o melhor resultado sem perder a sua veracidade, deixando-o crível para o registro antropológico e sensível para o documental expressivo.

Conteúdo Programático

  • Conheça sua Câmera
  • ISO
  • Diafragma
  • Obturador
  • Lente
  • Controle de Cor
  • Composição

Também podemos chamar de fotografia de autor, é usado com frequência para descrever as fotografias que são fruto de um projeto pessoal de um profissional consagrado, ou ainda para referir-se à fotografia que é vista como arte, porém dentro dos aspecto da fotografia religiosa, todo registro fotográfico tem como fonte o olhar do autor e sua experiência com Deus, a câmera é uma extensão dos olhos da alma.

Os fenômenos culturais são abordados pela Semiótica como sistemas de signos, os quais constroem significações e vão dando sentido às coisas. Nossa fé tem muitos sinais, que nos ligam ao sagrado, através da semiótica faremos uma releitura destes significados que trazemos em nós e os direcionaremos para a fotografia.

“Antropologia Visual é uma área da Antropologia Sócio-cultural, que utiliza suportes imagéticos para descrever uma cultura ou um aspecto particular de uma cultura”. (PÉRES, 2006)

É essencial para um fotógrafo saber organizar os elementos visuais da fotografia, pensar em cores, textura, movimento, luz, sombra, para que gera uma boa composição.

Através do Design Thinking, aprenderemos a gestar nossos projetos fotográficos com a ênfase nos interpretes da imagem, com este processo seremos mais precisos no objetivo final, inovando o pensar fotográfico.

Os alunos receberão um desafio onde terão que aplicar todas as técnicas aprendidas ao longo do curso, escolheremos o local da aula de campo que será revelado no dia para aumentar o desafio.

INVESTIMENTO

O investimento é de R$350 que poderá ser pago via boleto ou cartão de crédito parcelado.

VAGAS LIMITADAS

A inscrição só será efetivada após a confirmação do pagamento.
As vagas são limitadas!

CONTATO

Fale a qualquer hora pelo What’s
43 99630-3031

Se quiser conversar um pouco mais
43 3064-1633

Se preferir à moda antiga
Rua Professor Samuel Moura, 553 – Sala 02
Vila Judith – Londrina/Pr

ONDE E QUANDO?

O curso de fotografia será ministrado em Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba. Você poderá conferir as datas e locais logo abaixo.

No sábado o curso é ministrado das 9 às 17h com intervalo para almoço de uma hora e no domingo das 9 às 16h também com horário de almoço.
Este cronograma está sujeito a alterações.

REQUISITOS

Ter ao menos uma câmera, mesmo que não seja profissional.
Ter boa vontade para aprender.

CURSO DE FOTOGRAFIA RELIGIOSA

Rio de Janeiro - 22 e 23 de Julho/17

Local: Centro Dom Bosco
R$350

Vitória/ES - 19 e 20 de Agosto/17

Local: Paróquia São Francisco de Assis
R$350

Curitiba - 02 e 03 de Setembro/17

Local: Cenáculo Arquidiocesano de Curitiba
R$350